Para mim, duas coisas marcaram a Campus Party no que tem a ver com startups. Sim, os estandes Startup & Makers estavam bem mais organizados, a qualidade das demonstrações estava bem melhor. Os painéis e palestras tinham temas bons. Mas, a meu ver, as coisas mais significativas para nosso mercado não estavam lá para aparecer.

Coisas que nem todo mundo reparou

Achei sensacional a Faby Lima estar lá comentando com as pessoas sobre como bateu 130% da meta de “equity crowdfunding” (ou “crowdequity”) na plataforma Broota, conquistando investidores sob seus próprios critérios. Para quem tinha dúvidas se o formato ia funcionar, ou se dava para confiar: existe até a Associação Brasileira das Empresas Administradoras de Plataformas de Equity Crowdfunding (Abpec, ou Equity), encabeçada por Adolfo Melito e Paulo Milreu. Mais startups vem conseguindo se financiar desta forma, que conta com liberação na CVM.

Encontro de Agentes do Ecossistema O Márcio Brito, do Sebrae Nacional convidou mais de 20 pessoas para entrarem no seu Domus (parecido com um iglu de plástico, uma verdadeira bolha – que felizmente não estourou) e, com a facilitação de Yuri Gitahy, alinhassem seus entendimentos e ações acerca do ecossistema de startups. Fiquei feliz de participar, ao lado de representantes da ABStartups, Endeavor, ABVCap, Equity, Apex-Brasil, Start-Up Brasil, BizSpark, Demo Brasil, Anjos do Brasil e uma série de outras entidades e empresas consideradas agentes deste ecossistema. Alguns empreendedores também participaram. Teve sim um caráter simbólico, de reunir todo mundo, mas também mostrou que pode ser produtivo usar a colaboração e simultaneamente pensarmos em uma proposta de valor conjunta, integrada.

Brasil Mais Empreendedor

Nos últimos meses, mais de 100 pessoas contribuíram para a construção de um documento referencial em torno do que ficou conhecido como Brasil Mais Empreendedor. Depois de reuniões presenciais e virtuais, muitas mensagens de Whatsapp, muitos e-mails, telefonemas, papos e quetais, diversos empreendedores realizaram um painel no palco Startups & Makers para anunciar ao mundo que um grupo de entendidos e interessados elencou e especificou uma série de propostas de ação para o avanço da atividade empreendedora (e startupeira) no país.

Leia meu artigo na íntegra no Startupi.

Advertisements