Meu amigo Antonio Marcon, gerente de pesquisa e desenvolvimento na Samsung, me contou sobre um edital que a empresa de tecnologia está lançando juntamente com a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e o Centro Coreano de Economia Criativa e Inovação Daegu (CCEI). As inscrições estão abertas até 16/11/2015.

Trata-se de um programa de cooperação de 5 anos de duração que, em 2016, vai dar aportes de R$ 140 mil e apoios diversos a startups que atuam com Economia Criativa. Os recursos vem de renúncia fiscal por meio da Lei da Informática. O programa tem uma fase piloto, na qual as incubadoras de empresas credenciadas junto ao Comitê da Área de Tecnologia da Informação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (CATI/MCTI) e certificadas nesse programa para a gestão dos recursos provenientes da Lei de Informática, foram selecionadas para executarem a primeira etapa das atividades previstas. A partir de 2016, novas incubadoras serão selecionadas para aplicar o modelo em larga escala, com ciclos semestrais ou anuais de chamadas.

As áreas de interesse do programa são:

  • Saúde digital
  • Educação digital
  • Segurança e Privacidade para dispositivos móveis & Internet das Coisas (IOT)
  • Experiência, soluções, conteúdos e serviços
  • Sistemas de pagamento mobile
  • Novos serviços ou produtos que contribuam para parceria entre as operadoras de telefonia celular e seus usuários
  • Wifi calling

A startup candidata precisa ser incubada ou graduada (no máximo há dois anos) ou manifestar o compromisso de ser incubada em uma das incubadoras de empresas selecionadas na fase piloto do Programa, a saber:

  • Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de São Paulo – (CIETEC)
  • Incubadora Multissetorial de Empresas de Base Tecnológica e Inovação da PUCRS – RAIAR
  • Incubadora Tecnológica de Campina Grande – (ITCG)
  • PROINE – Programa de Incubação de Empresas da UFG

Leia o edital neste link e submeta sua inscrição neste outro link até 16/11.

Advertisements